O Dia da Mulher e o posicionamento das marcas

dia da mulher

Se há uma data que, cada vez mais, vem ganhando força e evidência, é o Dia da Mulher. Não que antes fosse irrelevante. Tsc tsc… A data existe há mais de um século e sempre foi “celebrada” – pra não dizer “explorada”.

Bem, mas já que eu disse, então vou concluir meu pensamento: por muitos anos o “8 de março” vem sendo usado e abusado comercialmente. Parabenizam a mulher simplesmente por “ser mulher”, vendendo flores, perfumes, bombons e afins, mas negligenciando o real – e importantíssimo – motivo da data.

Acontece que agora, com as redes sociais, o público ganhou voz e o Dia da Mulher vem tomando a forma e o conteúdo que remetem, enfim, ao seu real significado: o empoderamento e a luta por igualdade e direitos. E isso, meu caro, vai muito além das comemorações.

 

Untitled design (1)

Cuidado com o que posta

Não há como negar: hoje o feminismo é a temática mais evidente do Dia da Mulher. Nas redes sociais é, sem sombra de dúvida, o tópico mais citado.

E é nesse cenário que postar uma mensagem repleta de clichês, com enfoque em estereótipos femininos, esquecendo-se de um debate tão atual como o empoderamento, é dar um tiro no pé, como ocorreu ano passado com a homenagem feita pelo Sport Clube Internacional – o Inter , e com a Prefeitura de Porto Alegre e neste ano com a Saraiva, cuja promoção está sendo bombardeada na página. Usar esse tipo de comunicação ultrapassada gera polêmica e resultados negativos. Ou, na MELHOR das hipóteses, ninguém vai te notar.

#FicaDica As mensagens precisam ser pertinentes e criativas. Exaltar, enaltecer e apoiar a luta das mulheres. Fazer parte desta corrente. Formar opinião. Nesse sentido, algumas campanhas realizadas no Dia da Mulher do ano passado foram excepcionais e merecem ser destacadas.

É preciso ser coerente

Não adianta erguer a bandeira de uma causa que sua empresa não apóia na prática. É necessário ser honesto e agir segundo o que, de fato, defende. Lembre-se: nada que não seja verdadeiro se mantém (e o tiro pode sair pela culatra). Além disso, é ineficiente e até mesmo antiético promover sua marca usando movimentos sociais que não acredita. Então, em alguns casos, é melhor ficar calado.

Empodere a sua campanha

Indiscutível afirmar que investir em publicidade é importante. Mas hoje é preciso ir além e apostar em um trabalho profissional nas redes sociais, que conduza com estratégia, que tenha conhecimento do comportamento do consumidor e discernimento do seu posicionamento no mundo digital.

É bom frisar que precisa ser um profissional e não o “sobrinho esperto” de um amigo. Você pode até ter suas contas nas redes sociais alimentadas, mas terá bons resultados?

Portanto, todo cuidado é pouco. Lembre-se que as redes sociais são acompanhadas continuamente pelos usuários. Casos e crises é o que não faltam, ainda mais quando envolve a defesa de causas sociais importantes como o Dia da Mulher, o feminismo e sua mobilização.

 

Luciana Cecchini – Consultora de Comunicação, com experiência em comunicação corporativa e atendimento a cliente.

Leia Mais

Atendimento publicitário: profissional essencial

atendimento publicitário

* Por Luciana Cecchini

Quando você se depara com um anúncio que faz seus olhos brilharem; uma campanha que te emociona; uma marca que te encanta; ou até mesmo uma página empresarial que te conquista, não calcula o trabalho da equipe – principalmente do atendimento publicitário – que está por trás de tudo isso que te cativou.

Você pode até imaginar alguns profissionais atuando: o diretor de arte tendo ideias super criativas ou o social media à frente do relacionamento e de conteúdos tão envolventes nas redes sociais. Mas dificilmente vai lembrar do responsável pelo atendimento da conta, que tem fundamental importância em todo o sucesso do job.

 

atendimento publicitário

Mas afinal, o que faz um Atendimento Publicitário?

Comumente denominado “executivo de contas”, é muito mais que um simples contato entre a agência e o cliente. Ele precisa de muito jogo de cintura para conduzir o trabalho do começo ao fim, passando por cada departamento. Pensando como cliente e atuando como agência.

O bom Atendimento Publicitário tem conhecimentos sólidos sobre comunicação, propaganda e marketing, além de conhecer todos os processos e áreas da agência. Também entende muito bem o negócio do cliente: o produto, o público, o mercado, a concorrência, os preços, as novas plataformas, as tendências etc.. E é dono de um olhar crítico – sempre que necessário, questiona informações, ideias e até mesmo soluções, tanto do cliente quanto da agência.

#dica Predicados importantes de um bom Atendimento: empatia, credibilidade, liderança, dedicação, visão estratégica, cultura abrangente, didática, oratória e fluência verbal.

Também é função do Atendimento prospectar novas contas. Por isso, é primordial que tenha um bom networking e esteja sempre atento a potenciais clientes.

Depois dessa volta de 360 graus por esta que é uma carreira tão importante, dá pra entender que não bastam apenas boas ideias para garantir o sucesso de uma campanha. Mais que isso, é preciso apostar em uma boa relação entre agência e cliente – ou sendo mais direta: investir no trabalho essencial do profissional do Atendimento.

Quer ser um bom Atendimento Publicitário?

#Ficadica

  • Cative a sua equipe. A primeira e preciosa dica para ser um grande profissional dessa área é ganhar o respeito e a confiança do pessoal da agência, para que haja uma boa interação e a otimização dos Jobs,
  • Seja curioso. Conheça os departamentos e entenda os processos da agência. Afinal, você precisa estar preparado para argumentar sobre um planejamento de mídia, a criação de uma campanha etc.. Além de passar segurança a seus clientes, isso favorecerá o dia-a-dia com sua a equipe,
  • Tenha um bom relacionamento com o cliente. Parece até óbvio dizer isso, mas na prática nem sempre é fácil. Você tem que saber, por exemplo, só de falar pelo telefone, se ele está, ou não, em um bom dia para a aprovação de um job,
  • Dê atenção ao seu cliente. Não seja um mero “vendedor”, que só aparece quando precisa de uma validação. Isso, sem dúvida, ganhará a confiança dele,
  • Seja honesto, sempre. Aponte resultados reais e indique novos prazos caso inevitavelmente ocorra um atraso na entrega de um trabalho. Todos sabem que imprevistos acontecem, mas só serão aceitos quando tratados com integridade,
  • Na hora de prospectar, prepare-se. Pesquise a empresa em questão, o seu ramo de atuação, os produtos, a região onde está inserida, a concorrência, enfim, tudo o que possa vir a somar durante a reunião em que vai apresentar a agência, as prováveis soluções e as perspectivas que tem em relação à mesma. Isso somará muitos pontos a seu favor,
  • Valorize o seu time. Sempre ressalte para o cliente que o sucesso é fruto de um trabalho em equipe. E, caso ele precise, os demais profissionais precisam também bem atendê-lo. Tenha certeza que isso fará toda a diferença.

Luciana Cecchini – Consultora de Comunicação, com experiência em comunicação corporativa e atendimento a cliente.

 

 

Leia Mais