Quem tem carência aí levanta o mouse

Por Graça Taguti*

Ihh, pelo visto está assim de gente cheinha de “dentes nos olhos”. Doida pra devorar nem sabe bem o quê. Pois é, quem mandou nos asfixiarem com  toneladas de informações diárias, que mais nos deixam vesgos, neuróticos e  adrenalínicos que sábios.

Uma série de pesquisadores da atualidade concentra-se na filosofia das sensações, em aspectos cognitivos e dissociações no aprendizado, nas síndromes de déficit de atenção crescente e por aí vai.

Leia Mais

Seu corpo na prateleira: Quem dá mais?

Por Graça Taguti*


Pera lá. Vocês já estão pensando no buchicho do momento que é a venda da Virgindade, pela brasileirinha de Floripa . Espanto, que nada. Estas transações-biológico-sexuais-comerciais já existem faz tempo.

Afinal, é muito lícito precisar de uma grana caprichada pra sustentar os estudos, um carro novo, um apê, dos sonhos etc. Alguém discorda? Ok, mas antes de tocar o dedo neste assunto ou nesta cavidade, temos outras questões correlacionadas a comentar.

Leia Mais

Bonecos querem virar gente. Meninas sonham serem bonecas

Por Graça Taguti*

#Cuméquié?
Vamos à linguagem do twitter #asminapira. Então. Que história é essa de virar o ser humano pelo avesso, fazer dele gato e sapato. Se transformar em homem-leopardo,   homem-lagarto  ou tentar alcançar a vida eterna. Talvez se transformando no Caveirão?.

Leia Mais

QUEM NÃO SABE…SABE!

Sabia disso?

Por Graça Taguti *

Iniciamos nosso post com uma máxima,  emblemática de um provocativo futurólogo: Alvin Tofler.

Será que hoje conseguimos entender a importância do “não saber”, de ter dúvidas, cultivar reticências, para que possamos prosseguir com  nosso processo móvel, contínuo, ininterrupto de aprendizado?

Leia Mais

Qual é sua relação com novidades?

* Por Graça Taguti

Pode confessar sua mais nova  tara: você é um neófilo?!

Hei! Não precisa ficar com cara de quem foi flagrado em ato  secreto ou despudorado nos recantos da sua intimidade.

Não há, nos dias frenéticos da atualidade, alguém que fuja a esta denominação no imenso rol que envolve o mundo das aberrações (cujo termo científico é parafilia).

Definitivamente você é um neófilo. Ou então, no mínimo   a sua antítese: um neófobo.

Mas calma. Muita calma nesta hora.

Não precisa ficar ruborizado como uma beterraba, apenas  porque descobrimos, o seu incontrolável desejo de desvendar “o desconhecido”. A sua atração incontrolável por “novidades”.

Respirou? Ótimo. Vamos lá, então.  Estamos falando da Neofilia.

Leia Mais
Página 1 de 212