Dá para fazer mais do que entregar rosas…

rosasPor Gustavo Ferreira*

Rosas não são mais o suficiente… Não que algum dia elas tenham sido… mas… quem sou eu para fazer de conta que a comunicação não ganhou as mulheres por muito tempo com rosas e cartões com imagens e poemas baratos, não é mesmo? Dava certo (e ainda dá em muitos casos…) mas escrevo na torcida de que a percepção da sua empresa não seja ainda míope ao ponto de achar que uma rosa e um tapinha nas costas homenageia as mulheres que fazem as coisas acontecerem em sua organização neste Dia Internacional da Mulher que se aproxima.

Leia Mais