E surgiu o zapzap

zap zap

Por Marcia Ceschini*

Que os brasileiros são criativos, nós sabemos. E não paramos de ter provas.  A novidade fica por conta da empresa Private Host, que segundo o Olhar Digital , criou o Zapzap, um comunicador instantâneo nos moldes do WhatsApp. Para isso, eles usaram o código aberto do Telegram.

Leia Mais

O uso corporativo do WhatsApp

whatsapp goianiaPor Marcia Ceschini*

As empresas têm aderido com mais rapidez a novos meios digitais para se aproximar ainda mais do seu consumidor (e públicos de interesse),  que se assumem cada vez mais como cíbridos., ou como afirma Martha Gabriel, capazes de estar on e off ao mesmo tempo.

A inclusão da comunicação digital na vida humana provocou uma diminuição no tempo de busca das resposta por parte das empresas e na distância dessa comunicação com seu consumidor, ao mesmo tempo que permitiu uma real aproximação com os públicos que a constituem.

Leia Mais

Paquera a um click

app para paquera

A arte da paquera é muito antiga e acompanha o ritmo do seu tempo. No tempo dos nossos avós era o footing, depois vieram os bailinhos em garagens, os bailes, as festas de faculdade e todo tipo de evento, onde gente jovem se reunia para dois únicos fins: diversão e paquera.
Com a internet esse hábito mudou. E muito.

Leia Mais

Gif no Facebook

gif-gifs-animados

 

 

 

 

O Facebook volta e meia faz algumas inovações. Sempre nos testando como “ratinhos de laboratório” ,  ele solta uma novidade e mantém ou tira, conforme é nossa postura na plataforma social.

Há um tempo atrás, a plataforma permitiu o uso de gif, mas diante de reclamações de muita poluição na timeline, retirou.

Leia Mais

E tudo acaba em vídeo

Por Marcia Ceschini*

diferenças entre vimeo e instagram

 

 

 

 

 

 

E tudo acaba em vídeo ou imagem ultimamente, não é?  Já falamos sobre isso em um post antigo, as cavernas 2.0. Mas imagem parece ser a moeda forte para trocas nessa época de sociedade do espetáculo.

Leia Mais
Página 2 de 41234