A importância das ferramentas no Marketing Digital

ferramenta

O aumento crescente das empresas no mundo digital trouxe também um mercado maior e mais competitivo nesse meio on-line, como é o caso do surgimento das ferramentas essenciais para o marketing digital.

Investir em Marketing Digital não serve apenas para crescer dentro desse mundo, mas para se destacar e conquistar seu público-alvo da maneira mais assertiva, rentável e inteligente. Pois, nele existem diversas ferramentas que tornarão seu tempo mais produtivo e seus resultados mais certeiros. Neste post falaremos sobre algumas ferramentas do Marketing Digital.

Agendamento: planeje e ganhe tempo

O tempo sempre foi precioso, e nos dias de hoje está cada vez mais valioso. Otimizar o seu tempo de trabalho faz toda a diferença na hora dos resultados. Pré-agendar o conteúdo nas Redes Sociais permite uma enorme ganho de tempo para sua empresa.

Ter um planejamento na hora de criar seus posts é essencial. Analisando as páginas é possível saber em qual horário há maior presença dos seus leitores em suas Redes Sociais. Sabendo disso, é possível planejar qual o melhor horário para publicar suas mensagens. O problema é que nem sempre estaremos online e com um conteúdo quentíssimo na mão nesse horário. E é aí que entra o agendamento de conteúdo. O criador de conteúdo planeja o conteúdo com antecedência e agenda para o melhor dia e o melhor horário, garantindo assim, maior engajamento e maiores resultados.

Algumas ferramentas de agendamento em Marketing Digital: Hootsuite, Instamizer, Livebuzz, MLabs, Statigram.

 

Monitoramento: a melhor forma de conhecer o seu público-alvo bem de pertinho

Com o monitoramento em Redes Sociais é possível analisar em tempo real a interatividade do público com a marca e saber se o seu conteúdo está gerando a reação desejada. Ferramentas de monitoramento analisam todas as menções à marca dentro das redes sociais, o aumento ou diminuição dos seguidores e, também, te ajudam acompanhar suas postagens.

Além de tudo isso, o monitoramento ajuda a prevenir as possíveis crises. Se elas forem inevitáveis, monitorar suas redes ajudará a amenizá-las. Lembre-se, quanto mais rápido uma crise for descoberta, mais fácil será de contê-la. A agilidade para lidar com os clientes nas Redes Sociais é sempre importante!

Algumas ferramentas  trazem várias funções juntas com o monitoramento. É o caso da Hootsuite, Sprout Social, SumAll e Social Bakers.

 

Automação: prepare seus Leads para a compra

A ferramenta de automação de Marketing Digital é importantíssima, pois ela ajuda a gerar de maneira inteligente e produtiva os Leads, para assim as vendas ocorrerem de fato. Nela é possível não apenas preparar seus Leads para a compra, como também ajuda você a se relacionar com eles e entendê-los.

Dentro de uma ferramenta de automação é possível reunir diferentes recursos, como Email Marketing, Landing Pages e outros. Reunir tudo isso em apenas um software torna o serviço de Marketing Digital muito mais inteligente e automatizado, melhorando em muito a produtividade da sua empresa e gerando mais resultados finais. Pois, como já foi dito antes, o tempo é valioso.

Algumas ferramentas de automação de marketing: Hubspot, RDStation, Marketo e LeadLovers.

Gostou das dicas? Usa alguma outra ferramenta que não citamos? Comente aqui.

Leia Mais

Micro influenciador: alcançando o público-alvo

micro influenciador

Engana-se quem pensa que os verdadeiros influenciadores são as celebridades, como youtubers, blogueiros, atores, modelos e cantores. Aqueles que realmente fazem a diferença para o marketing digital como influência junto ao público de interesse, são os micro influenciadores. Mas, quem são essas pessoas, se não são celebridades? E, por que elas interferem tanto o pensamento dos consumidores?

Esse artigo do Meio & Mensagem traz uma luz sobre os macros, os micros e os everyday influenciadores. Clique e leia. Mas, neste texto, nós abordaremos os chamados pequenos influenciadores, usuários que estão alcançando com mais eficácia os públicos para as marcas e serviços.

micro influenciador

Quem são os micro influenciadores

Os micro influenciadores são pessoas que possuem um blog, ou até mesmo um canal do youtube, participam ativamente das mídias sociais e possuem um círculo pessoal restrito, de confiança e que lê, ou assiste, as ideias e críticas que elas escrevem com assiduidade.

Essas pessoas, os micro influenciadores, estão cada vez mais sendo procurados pelas marcas. Isso porque essas pessoas são consideradas de maior confiança e com maior autenticidade. Quando uma marca pede a um micro influenciador para divulgar seu produto, essas qualidades também são levadas para o produto, fazendo com que ele seja mais autêntico e a propaganda seja considera mais verdadeira.

É de senso comum que as celebridades, se receberem bem para fazer isso, irão fazer propaganda de qualquer tipo de produto, mesmo que ele não seja o melhor. Já os micro influenciadores digitais não, eles são pessoas que passam maior credibilidade quando falam sobre determinado produto e, com isso, atingem um maior resultado orgânico.

A busca por influenciadores no marketing digital

O crescimento da procura do marketing pelos micro influenciadores vai além da influência que eles causam nos consumidores, é também uma questão financeiras. Estudos apontam que com o mesmo dinheiro que a marca usaria para pagar uma celebridade de sucesso que tenha milhões de seguidores, ela pode pagar até 100 micro influenciadores.

A questão aqui é que essas 100 pessoas serão especialistas no assunto que possuem seguidores fiéis e que confiam no que essas pessoas dizem. Então, a qualidade do marketing aumenta e os consumidores, por consequência, irão comprar mais do seu produto.

Ao invés de distribuir a propaganda através de um só ponto que possui muitos acessos, os micro influenciadores distribuem através de vários pequenos pontos de forma mais pessoal e certeira.

E ai, gostou do assunto?  Deixe seu comentário aqui. E se você quer ser influenciador digital, a gente sugere uma lida neste post do blog do Armindo.

Leia Mais

O Dia da Mulher e o posicionamento das marcas

dia da mulher

Se há uma data que, cada vez mais, vem ganhando força e evidência, é o Dia da Mulher. Não que antes fosse irrelevante. Tsc tsc… A data existe há mais de um século e sempre foi “celebrada” – pra não dizer “explorada”.

Bem, mas já que eu disse, então vou concluir meu pensamento: por muitos anos o “8 de março” vem sendo usado e abusado comercialmente. Parabenizam a mulher simplesmente por “ser mulher”, vendendo flores, perfumes, bombons e afins, mas negligenciando o real – e importantíssimo – motivo da data.

Acontece que agora, com as redes sociais, o público ganhou voz e o Dia da Mulher vem tomando a forma e o conteúdo que remetem, enfim, ao seu real significado: o empoderamento e a luta por igualdade e direitos. E isso, meu caro, vai muito além das comemorações.

 

Untitled design (1)

Cuidado com o que posta

Não há como negar: hoje o feminismo é a temática mais evidente do Dia da Mulher. Nas redes sociais é, sem sombra de dúvida, o tópico mais citado.

E é nesse cenário que postar uma mensagem repleta de clichês, com enfoque em estereótipos femininos, esquecendo-se de um debate tão atual como o empoderamento, é dar um tiro no pé, como ocorreu ano passado com a homenagem feita pelo Sport Clube Internacional – o Inter , e com a Prefeitura de Porto Alegre e neste ano com a Saraiva, cuja promoção está sendo bombardeada na página. Usar esse tipo de comunicação ultrapassada gera polêmica e resultados negativos. Ou, na MELHOR das hipóteses, ninguém vai te notar.

#FicaDica As mensagens precisam ser pertinentes e criativas. Exaltar, enaltecer e apoiar a luta das mulheres. Fazer parte desta corrente. Formar opinião. Nesse sentido, algumas campanhas realizadas no Dia da Mulher do ano passado foram excepcionais e merecem ser destacadas.

É preciso ser coerente

Não adianta erguer a bandeira de uma causa que sua empresa não apóia na prática. É necessário ser honesto e agir segundo o que, de fato, defende. Lembre-se: nada que não seja verdadeiro se mantém (e o tiro pode sair pela culatra). Além disso, é ineficiente e até mesmo antiético promover sua marca usando movimentos sociais que não acredita. Então, em alguns casos, é melhor ficar calado.

Empodere a sua campanha

Indiscutível afirmar que investir em publicidade é importante. Mas hoje é preciso ir além e apostar em um trabalho profissional nas redes sociais, que conduza com estratégia, que tenha conhecimento do comportamento do consumidor e discernimento do seu posicionamento no mundo digital.

É bom frisar que precisa ser um profissional e não o “sobrinho esperto” de um amigo. Você pode até ter suas contas nas redes sociais alimentadas, mas terá bons resultados?

Portanto, todo cuidado é pouco. Lembre-se que as redes sociais são acompanhadas continuamente pelos usuários. Casos e crises é o que não faltam, ainda mais quando envolve a defesa de causas sociais importantes como o Dia da Mulher, o feminismo e sua mobilização.

 

Luciana Cecchini – Consultora de Comunicação, com experiência em comunicação corporativa e atendimento a cliente.

Leia Mais

WhatsApp: mudanças e inovações constantes

whatsApp

Desde seu surgimento em 2009, o WhatsApp vem fazendo sucesso entre os usuários de smartphones em todo o mundo, ainda mais aqui no Brasil. O WhatsApp, ou apenas Whats (ou zap) como é chamado pelos brasileiros, é um aplicativo que utiliza a internet para troca de mensagens, fotos, arquivos, vídeos e chamadas de voz e vídeo. Além de tudo isso, agora o aplicativo terá, assim como o Snapchat e o Instagram, sua própria Storie, mas será chamado de Status.

 

whatsApp stories

 

WhatsApp?

Com tantas funcionalidades, o WhatsApp de hoje está bem longe de se parecer com seu modelo inicial criado por Jan Koum e Brian Acton. Em sua primeira versão, os criadores imaginaram que o aplicativo seria usado para os usuários indicarem em seu status se estão ou não disponíveis. Assim, a pessoa entraria no app e verificaria seu status antes de te ligar, para então não te atrapalhar, caso você estivesse de férias ou ocupado com outra coisa. Por isso o nome WhatsApp, um trocadilho com a expressão inglesa “What’s up?” que significa algo como “E aí?” ou “O que está acontecendo?” ou ainda “O que se passa?”.

Venda do WhatsApp

Em 2014, o Whats foi comprado por Mark Zuckerberg, criador do Facebook, e, aí que começaram as maiores mudanças. Além de ser um aplicativo de smartphone com suas funções iniciais, em 2015 passou também a poder ser utilizado em navegadores de internet, no site do WhatsApp Web. Nos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox e Opera.

Aos poucos o WhatsApp foi mudando e trazendo diversas atualizações e novidades, como a mais nova delas: ter uma Storie em seu status.

As funcionalidades

Veja algumas dessas atualizações ao longo da história do aplicativo:

  • As impactantes chamadas de voz e de vídeo;
  • Grupos com vários usuários;
  • Ícones ou símbolos como imagem para ilustrar o grupo;
  • Opção para ‘reportar spam’;
  • Notificações de chamada perdida;
  • Diversas mudanças nos emojis, antes amarelos passaram a possuir opção de etnia diferente, além de novas imagens e categorias.
  • Possibilidade de escrever textos em negrito, itálico e riscado.
  • Possibilidade de publicar gif
  • Possibilidade de copiar a mensagem e responder para o
  • A maior novidade, anunciada em 20/02, por ocasião dos 8 anos do aplicativo é a mudança da função “status” por uma nova que permite compartilhar imagens e vídeos que desaparecem após 24 horas.
Leia Mais

Persona: invista no público certo

persona

Investir em marketing digital é uma das maneiras de alavancar o seu negócio e aumentar a clientela, mas para que os resultados sejam significativos é preciso planejar para saber para quem seu investimento está sendo direcionado. Pois,  saber direcionar seu conteúdo e suas estratégias de vendas para as pessoas que sentem interesse em comprar o que você está ofertando é essencial.

O que são personas

As Buyer Personas, ou apenas Personas, são uma representação do seu cliente final, são personagens criados com dados reais adquiridos por meio de pesquisa de mercado. Essas Personas são feitas a partir de reais motivações, padrões de comportamento e desejos e devem ser inseridas no seu planejamento de comunicação e marketing digital. As Personas nada mais são do que os “Clientes Ideais”.

Quando se pensa numa Persona, você orienta o seu conteúdo e outras estratégias diretamente para o consumidor ideal. Com isso, você poderá focar melhor seu tempo e criar estratégias mais detalhadas e específicas para atrair o público que terá mais chances de consumir seu produto.

Mais do que pensar em um público-alvo segmentado, você imagina como é esse (ou esses) clientes ideias. Um plano de saúde por exemplo, pode ter as personas:

Fábio, casado, 46 anos, 3 filhos, dono de empresa, morador de São Paulo e deseja trocar o plano de saúde da família; já a Cassandra, é publicitária 30 anos, solteira, mora sozinha em São Paulo e trabalha como freelancer.

Lembre-se, uma mesma empresa pode ter vários tipos de personas diferentes, como citamos acima, pois o mesmo produto pode ser consumido por diferentes consumidores. É importante analisar com cuidado os dados que surgem a partir das pesquisas de mercado, para assim, criar padrões que vão atrair futuros clientes, convertê-los em futuros compradores, vender o produto para eles e fazer com que eles se mantenham fiéis a sua marca e seu produto.

Como criar a persona para sua marca

Após fazer pesquisas de mercado e saber melhor sobre seus clientes, chegou a hora de criar a Persona para a sua empresa:

  • Comece analisando as informações demográficas de seus clientes, saber se seus clientes são de cidade grande ou pequena, possuem filhos ou não, ajudará na hora de direcionar suas estratégias de marketing digital;
  • Em seguida, defina quais são os objetivos e valores que seus clientes possuem, assim quais os sonhos que seus clientes têm, o que eles almejam;
  • Sabendo os sonhos deles é possível saber o que o está impedindo de alcançar esses sonhos. Entenda também quais as frustrações dos seus clientes;
  • Se a sua empresa já possuir antigos clientes, junte as informações que coletou e que acredita serem uteis para a sua nova Persona com os dados que você já tinha sobre seus clientes. É importante saber se está indo pelo caminho correto;
  • É possível investir em ferramentas que fazem pesquisa para delimitar a persona, ou as personas, de sua marca, analisando toda jornada do consumidor;
  • Agora, com todas essas informações chegou a hora de criar o perfil da sua Persona. Crie um perfil com detalhes, qual o nível social dele, o cargo que ocupa na empresa que trabalha, como ele se diverte no fim de semana, enfim, quanto mais detalhes melhor;
  • O inbound marketing é uma das formas mais eficazes de obter melhores resultados levando comunicação e informação de interesse para o seu byer persona.

 

 

Leia Mais
Página 1 de 2812345...1020...Última »