Não existe mídia social sem pessoas

Uma atual e inquieta necessidade dos profissionais da mídia social em realizar as métricas de suas ações, utilizando as mais diferentes ferramentas e dados são cada vez mais populares, comentadas, virando tema de n palestras por aí.

Medir resultados é e sempre será importante. Qualquer ação publicitária off ou online precisa ser muito bem estudada e planejada, e já que estamos falando de medidas, este é um aspecto que merece atenção de forma cautelosa, nem mais nem menos.
Vejo que há uma preocupação excessiva em fazer tudo virar números, tudo focado em números, mas isso é mesmo fazer social media? Trabalhamos em busca de números? Mais parece que as pessoas estão esquecendo que fazer social media é a forma mais incrível de aproximar as empresas dos seus consumidores, humanizamos PESSOAS jurídicas.

Leia Mais

Sponsored Stories, agora o publicitário é você!

Lançado em janeiro desde ano, somente agora o novo recurso de publicidade do Facebook terá a sua distribuição ampliada. Localizada no Ticker, aquele newsfeed no canto superior direito que mostra as últimas atualizações dos amigos, a novidade transforma em anúncios as atividades dos usuários que estão relacionadas à alguma marca.

Leia Mais

Co-learning está mudando a forma de aprender

Gil Giardelli disse em um dos Papos na Rede que a forma com que aprendemos está mudando.  As pessoas tem possibilidade de escolher como e onde querem aprender.

Com isso, surgiu em meados de 96 com o livro “Joining the Literacy Club”  de Frank Smith, e tem tomado forma, o co-learning. O poder está nas mãos do aluno, e faz com que ele se envolva com o professor para buscar o ensino na prática. O objetivo é buscar conhecimento.

Com a internet, essa prática toma proporções maiores, já que o interessado participa de fóruns, grupos de discussão, stream e webinar dos assuntos de seu interesse.  A informação está a um toque do seu dedo e do seu desejo de obter cada vez mais conhecimento.

Características de relacionamentos co-learning:

  • Todo conhecimento é válido
  • Compartilha valores recíprocos de conhecimento
  • Cuidar uns dos outros como parceiros e co-aprendedores
  • Confiança
  • Aprender com o outro

Características de aulas no ambiente co-learning

  • Divisão de poder entre os  co-learners
  • Aprendizado individual e social
  • Senso coletivo e individual e exploração da identidade de ambos
  • Comunidade de prática com ensino localizado
  • Engajamento do munro real e ações

A cultura acompanha a evolução do homem. E esse homem não se limita mais em só receber informação. Ele quer buscar, criar, compartilhar seus conhecimentos. Essa é a era do compartilhar.

* Post criado especialmente para o Papos Na Rede veicular no site do  Treina TOM.

Leia Mais

Monitoramento e o #intercon2011

Estivemos no Intercon2011, maior evento sobre tecnologia e internet da América Latina. O evento contou com quatro arenas simultâneas: Criatividade, Social Media Meeting, Métricas e Hackaton.

Vamos nos ater ao painel sobre social media que aconteceu na arena Social Media meeting e contou com  a curadoria de Edney Souza –  VP da Boobox. Essa arena promoveu discussões e práticas de social media.

Destacamos a primeira apresentação com diagnóstico e análise ao vivo em redes sociais, dos profissionais Luciano Palma – Professor e Consultor Estratégico de Midias Sociais -, Jair TavaresDiretor de Planejamento da Polvora! – eAmyris Fernandez – Consultora em Usabilidade e Design de Interação -; e a terceira sobre métricas e resultados com Gustavo Arjones – Co-fundador e CTO do Social Metrix -, Pedro Waengertner – Sócio-Diretor da Zubit e Professor da ESPM -, Estêvão Soares – Corporate Social Strategist na Estrategi.ca – e Tarcízio Silva, Consultor de Inteligência Digital e Métricas.

Leia Mais

Quem cuida da minha comunicação?

É comum, ao menos para algumas empresas, dedicar-se à comunicação do cliente e esquecer da sua própria. Não é correto, claro, mas é o que tem acontecido aqui na Ceschini Consultoria.

O fato de termos juntados nossa expertise com a Chilli Comunicação, e nos dedicarmos aos clientes em comuns, nos afasta de nossas mídias sociais. Não integralmente, mas o foco é o cliente, certo?

E por que decidimos manter as nossas mídias sociais? Porque é mais um canal de propagar o universo da comunicação digital e compartilhar o que temos estudado e vivenciado e de gerar possíveis clientes.

O blog tem dois curadores, a Fernanda Silvestre e o Victor Vicentini, mas vou voltar juntar-me a eles para que o blog não fique sem conteúdo.

Em defesa do blog só posso dizer que está desatualizado porque priorizamos outros blogs e outras mídias sociais.Mas isso não vai mais acontecer. O hiato acabou. Afinal, quem cuida da nossa comunicação se não nós mesmos, os comunicadores?

Leia Mais
Página 3 de 1112345...10...Última »