O humor é uma arma poderosa de interação. E você, como o utiliza na sua comunicação?

Por Gustavo Ferreira*

Há milhares (ou milhões, não sei o número, só sei que são muitas rs) de páginas de ~humor no face~ e muitas delas pautadas em criticar assuntos sérios de forma leve e descontraída, tornando mais comum a reflexão (ou não) sobre eles.

Vídeos, charges, blogs, tudo vira ferramenta para tornar pública a indignação de um indivíduo, grupo ou povo. E os resultados são os mais variados possíveis.

Da crítica singela à produção de conteúdo elaborada, inteligente, sarcástica, ousada e até mesmo tão maldosa quanto o próprio fato criticado… não temos como negar: temos de tudo. Há risos e lágrimas para todos os gostos na indignação web do brasileiro (e de outros povos também).

Muitos dirão: “Eu não perco meu tempo com isso!” e eu perguntarei: será mesmo perda de tempo? Não consumo coisas do tipo ‘Humor no Face’ ou ‘Orgulho Hétero’, mas páginas como essas e outras nos mostram muito da movimentação de grupos de indivíduos, o que querem, o que pensam, como se divertem… e para nós, profissionais de comunicação isso é muito importante.

Personalidades e marcas (cuidado com a sua!) viram personagens principais em epopeias narradas, acompanhadas, aplaudidas de pé ou rechassadas pelos internautas, sejam eles ávidos pelo riso ou pela seriedade. Todo mundo é impactado pelo humor na web. Mesmo que seja para achar ruim ter 2354264362436532 publicações do Chapolin Sincero em sua timeline.

Vimos recentemente a polêmica com o vídeo do Portas dos Fundos em que civis revistam e ‘afrontam’ a polícia. Uma crítica inteligente e um humor que alguns consideram ácido, que tem rendido até mesmo ameaças à família do comediante Fabio Porchat, mostrando que ~talvez~ haja algo de errado mesmo com o nosso policiamento…é de se pensar…

Outra página que encontrei esses dias foi a Ruth Sherazade (e quase morri de rir de tão tosca e genial ao mesmo tempo). Ao mesmo tempo que achei tonta, com algumas coisas mal feitas e caseira (que talvez seja mesmo o intuito) vi coisas inteligentes e críticas contundentes misturadas a um humor debochado… e como bom noveleiro, amei a sacada de usarem Ruth, Rachel e Tonho da Lua como protagonistas para discutir a postura da jornalista e a enchurrada de críticas e a verborragia sobre o tema que assolou as redes sociais nas últimas semanas.

páginas de humor

O humor é uma arma poderosa de interação. E você, como o utiliza na sua comunicação?

guferreira-150x150 Gustavo Ferreira –  Relações Públicas 2.0, Gerente de Comunicação Digital da Simas Assessoria Empresarial, palestrante e pesquisador do comportamento humano nos meios de interação digital.

Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *