Bom dia, boa tarde, boa noite e mascote fofo não substituem as boas e velhas logística e estratégia

Por Gustavo Ferreira*

Não preciso nem ficar lembrando vocês aqui que a cada dia o brasileiro compra mais pela internet, está mais conectado, mais ativo nas redes sociais e o mais importante para quem trabalha com comunicação digital: ele também está mais disposto a lutar por seus direitos!

Ávidos por justiça, os usuários se utilizam de plataformas como Reclame Aqui, da influência sobre os amigos e conhecidos no Twitter, Facebook e por que não Orkut, para se fazerem ouvidos.

E nessa hora meu bem… não há “Bom dia”, “Boa tarde”, “Boa noite” ou o mascote mais fofo do mundo interagindo com todo mundo que consiga calar a voz de quem se sente traído, prejudicado e injustiçado.

Por isso não é tão simples implementar um projeto de e-commerce no mercado… Ter loja virtual é fácil. Há inúmeras plataformas para você achar que vai arrasar nas vendas só pensando em vender, vender e vender e esquecer que há inúmeros fatores que envolvem a pré e a pós venda.

Se você conseguir dar uma atenção especial para a estratégia de seu projeto, com certeza você se deparará com detalhes importantes relativos a frete, transportadoras, taxas, embalagem, prazo de entrega, acompanhamento do pedido, avaliação da compra, sugestão de produtos relacionados e muitos outros… muitos mesmo!

 Pense bem antes de ter de dar piruetas desnecessárias com um mascote fofo para diminuir o peso de seus erros no relacionamento com seus clientes!Só fofura não mantém ninguém no mercado… e nem paga as contas do seu negócio!

Gustavo Fguferreira-150x150erreira –  Relações Públicas 2.0, Social Media na   Triata Brasil, palestrante e pesquisador do comportamento humano nos meios de interação digital.

 

 

Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *