O que você faz quando todos querem inovação?

Por Gustavo Ferreira*

Inovação! Esse é o grito desesperado dos usuários, internautas, e-consumidores, seja lá qual o nome que você utilize para catalogar as pessoas que produzem, consomem e compartilham conteúdo na internet.

E o que sua empresa pode fazer com isso? Como atender essa demanda? Aumentar o time de ‘criativos’ é a saída mais rápida? E o impacto financeiro disso em seus negócios?

Algumas pequenas empresas e empresários poderiam desistir dessa empreitada por entender que seja inviável o investimento no momento que estão, mas há alternativas, vamos pensar em algumas?

  • promover um ambiente propício para estimular o potencial criativo dos profissionais
  • cursos internos e treinamentos para reciclar ideias e motivar
  • incentivar a formação acadêmica e estimular a continuidade dos estudos dos colaboradores
  • remuneração variável ou por performance
  • planejamento participativo
  •  reconhecimento dos talentos

Além dessas alternativas, o que sua empresa pode fazer para sair da mesmice e oferecer inovação em seus projetos na internet?

Pense bem… ou você continuará entregando projetos com as mesmas estruturas, conteúdos repetitivos e não oferecerá o mínimo de interação e inovação para seus futuros clientes. E você sabe, cliente insatisfeito, não volta… e ainda conta para todo mundo que o seu serviço é ruim…

Ajude seus colaboradores a transformar sua empresa no melhor lugar para suprir as necessidades dos clientes!

“Invista no potencial de seus colaboradores, estimule a capacidade criativa e empreendedora deles, antes que façam isso para a concorrência”  – Marcos Brancher

 Gustavo Ferreira – Relações Públicas 2.0, Social Media na   Triata Brasil, palestrante e pesquisador do comportamento humano nos meios de interação digital.

5 Comentários

  • Graça Taguti 07 / 11 / 2012

    Inovação é fundamental, né, Gustavo Ferreira. Quem não customiza se commoditiza,. E a todo instante precisamos nos diferenciar mais e mais , como pessoas, clientes, empresas e marcas. Belo assunto.

    Responder

  • Celso Reimann Luz 06 / 12 / 2012

    É Gustavo. Se todos tivessem o mesmo pensamento seria maravilhoso. Inovação é a capacidade de criar coisas disruptivas, que causem real impacto no que existia anteriormente, ser inovador é romper com o que já existe. Infelizmente hoje, muitas inovações não são compreendidas pelos atuais politicos. Mas o que fazer, depois de ter-mos um Tiririca na Câmara agora temos um Marquito, o que fazer.

    Responder

    • marcia 06 / 12 / 2012

      Celso,

      Sempre importante mantermos olhares atentos na boa gestão. Agradecemos o comnetário

      Responder

  • Gustavo Ferreira 06 / 12 / 2012

    Olá Celso!
    realmente a inovação é um processo belo e delicado e está atrelada a processos de renovação. Renovar o pensamento e o comportamento que há tempos estão repletos de vícios e comodismos não é tarefa simples e com certeza, nós profissionais sérios temos um papel importante para que isso se efetive com maior rapidez, produzindo e compartilhando informação de qualidade e que faça as pessoas refletirem e sentirem a necessidade de mudança, na sociedade e no mercado como um todo!
    Obrigado pela visita e pelo comentário! Continue nos acompanhando!
    Abraços.
    Gustavo Ferreira

    Responder

  • Gustavo Ferreira 06 / 12 / 2012

    É verdade Graça!
    Já tinha comentado no grupo no Facebook, mas deixo registrado aqui agora.
    É um assunto fascinante! E como falei ao Celso, que nós, profissionais de comunicação temos o dever de fazer nossa parte disseminando informação de qualidade e que faça as pessoas pensarem e se moverem ;-]
    Abraços!
    Gustavo Ferreira

    Responder


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *