Para que curtir?

Por Gustavo Ferreira*

O Facebook anunciou através de sua porta-voz Annie Ta que os usuários começarão a visualizar publicações de fanpages que não curtem.

A medida, segundo a rede social, visa aumentar as possibilidades das marcas alcançarem os usuários e interagir com eles através de seu conteúdo.

A ativação do ‘recurso’ foi anunciada para breve, mas sem data definida.

Uma medida como essa traz inúmeras implicações e requer cuidados redobrados na hora de fazer seu plano de comunicação e definir as estratégias a serem executadas
nesta rede.

Pode-se aumentar o número de visualizações, mas e a qualificação do público? Quais serão os critérios para segmentação?

Que opções sua marca terá para garantir que ela não dê um tiro no pé na hora de se comunicar com usuários que ela desconhece?

É preciso evoluir sempre com os conceitos, com a interação, e para isso é preciso estudar sempre, planejar sempre, testar sempre, e, principalmente, ser flexível, para poder readequar a rota quando necessário.

O que você acha sobre essa mudança no Facebook? Conte pra nós!

Gustavo Ferreira–  Relações Públicas 2.0, Social Media na   Triata Brasil, palestrante e pesquisador do comportamento humano nos meios de interação digital.

Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *