Marketing de guerrilha x marketing de emboscada

Apesar de aparentemente sugerir o mesmo significado, há uma diferença entre as ações de marketing de guerrilha e o marketing de emboscada.

O marketing de guerriha normalmente ocorre sem grandes investimentos, em ações criadas para um dia ou pequenos intervalos de tempo, em locais de grande concentração de pessoas e tem a intenção de supreender o público e gerar buzz se aproveitando do hábito das pessoas em compartilharem informações, imagens e vídeos a partir de seus celulares ou tablets. O impacto da ação nas pessoas presentes faz com que elas sejam os principais divulgadores da ação.

Exemplo recente de marketing de guerrilha que gerou buzz nas redes sociais foi a divulgação do novo programa de drama do canal TNT na Bélgica ou como na imagem abaixo para divulgação da panela teflon Supor em Shangai. Skatistas vestidos como alimentos saltavam em uma rampa dando a ideia que não grudavama na wok:

Já o marketing de emboscada (ambush marketing) , é planejado para tirar proveito de um evento ou ação organizado por outra empresa ou serem praticados em eventos esportivos. O objetivo é conseguir divulgar a marca ou empresa através de cores ou logo da marca  de maneira que a exposição não consiga ser bloqueada. Se houver transmissão midiática, o resultado é melhor ainda, pois consegue-se retorno sem alto investimento ou patrocínio.

Exemplos: Um dos mais recentes foi o caso da cerveja Proibida com as Tchecas do Pânico, o programa era patrocinado pela Skol. Outro foi na Copa da África também por uma cerveja, a Bavária que colocou lindas modelos com vestido laranja na torcida, sendo que a patrocinadora oficial era a Budweiser. O fato foi notícia em vários portais e veículos.

O marketing de emboscada em evento é tão visado que para os Jogos Olímpicos em Londres, a organização preparou estratégias para prevenir esse tipo de ação. Segundo o Meio&Mensagem, patrulheiros tem palavras como ouro, prata e bronze na lista de palavras suspeitas e proibidas.

Deu para entender a diferença? Deixe seu comentário.

3 Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *