Até que idade somos produtivos?


Bom seria se nascessemos à moda de Benjamin Button e conforme fossemos crescendo ficassemos jovens e não velhos. Mas será que a nossa experiência melhoraria ou se debilitaria?

Sim, beleza e juventude ainda ditam o padrão de muitos segmentos. Mas, felizmente o mercado profissional enxergou que “velhos profissionais” devem compor o time com jovens profissionais e não serem substituídos.Claro que existem fatores que colaboram para a continuidade do profissional no mercado. O principal é o interesse em aprendizado e evolução constante. Esses fatores aliados a uma inteligência competitiva faz com que o profissional mais velho permaneça com destaque no mercado.

É muito saudável para a empresa e clientes que a união entre jovens executivos e executivos Senior transcorra de maneira integrada e colaborativa. Fatores como comportamento da geração Y devem ser  trabalhados de maneira positiva para o trabalho em equipe, para o bem da empresa.

A dica é faça cursos de atualização,  participe de eventos da sua área e de áreas diferentes (insights acontecem em conhecer coisas novas), saia do seu mundo, conheça e participe das redes sociais (muita informação vem por elas), leia mais, multiplique e exercite diariamente seu network.

O fato é que somos produtivos até a idade que desejarmos. Consultoria e  área acadêmica são planos B que absorvem a mão de obra de profissionais experientes. Não tema. Não se acomode!

Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *