O que você está vendo? Essa é a pergunta da vez.

Antigamente, principalmente nas cidades do interior, a melhor forma de fazer o tempo passar, quando não se tinhamais nada para fazer (alguém me explica o significado disso?) era colocar uma cadeira na calçada junto com os vizinhos e papear, falar mal das pessoas, do que acontecia na vizinhança… Esse tipo de conversa era geralmente introduzida pela velha pergunta fática: “Você viu o que aconteceu com…?” ou “Você sabe a fulano(a)  de tal? Então…” . Enfim, hoje, graças às redes sociais, principalmente àquelas que levam a palavra geolocalização a sério, podem fazer com que os assuntos dessas rodas de bate-papo vespertinas fiquem menos interessantes, ou ao menos, mais tecnológicos e não necessariamente na mesma calçada! XD

Um bom exemplo disso, é a nova cartada de Bill Nguyen: o Color, um aplicativo de fotos que promete fazer frente ao Instagram, que acabou virando uma rede social exclusiva para donos de iDevices (gadgets da Apple: iPhone, iPad etc. ).  A ideia é fazer com que os usuários possam ver através de outro ponto de vista (ou por outra lente fotográfica) o que está acontecendo naquele momento onde a foto foi tirada!

Funciona assim: no momento que você saca uma imagem ela é enviada e publicada na rede e organizada com outras fotos tiradas por usuários que também estão fotografando naquela região. Isso acontece através de cruzamentos de dados da sua localização com as informações das pessoas que estão num raio de 45 metros.

Já imaginou o que um aplicativo desses pode oferecer enquanto você esta num show (pode

ser um do U2), ou num evento que não é possível analisar o ambiente de outros ângulos? Ou até mesmo o quão funcional isso pode ser para um jornalista, talvez para um detetive, ou para as fofoq ops! =X plantonistas do bairro? 😛

Os investimentos nesta ideia são tão ou mais impressionantes ainda! Somente para comprar o domínio color.com foram gastos U$350.000,00 (também conhecido como trezentos e cinquenta mil dólares). Ao todo foram gastos no desenvolvimento 40 milhões de obamas dólares! Isso mostra a força destas redes que são atualizadas via smartphones, celulares ou gadgets.

Moderno ou não, o importante é sempre poder contar com os ouvidos, bocas e agora os olhos dos amigos de papos das calçadas (por meio das suas fotos)!

Vamos nos colorizar?

Quem já usou ou vai testar o aplicativo, deixe sua mensagem falando o que achou!

Victor Vicentini, Administrador de Empresas; atuante e estudioso em mídias sociais, viciado em fazer check-in na venue do trabalho no Foursquare. Co-fundador da @tagsphere

Comentários


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *